31 março 2009

justificativas são para os fracos

Me incomoda e sempre me incomodou as explicações que as "vítimas" dão para suas falhas:

"Não tenho trabalho por causa da crise."

"Não tenho emprego porque não tenho oportunidade."

"Não tenho parceiro porque são todos uns canalhas."

"Não fiz ele(a) feliz porque ninguém é capaz de fazê-lo."

"Não se interessou por mim porque é gay."

"Não me comeu porque é broxa."

"Perdeu o tesão porque é frígida."

"A culpa é do governo, ou talvez do sistema."

HEI!

Cadê pessoas que assumem, e se assumem?

Cadê alguém MACHO, não no sexo, mas no culhão de dizer:

"eu não soube fazer isso, não dessa vez, quem sabe numa próxima"


Cadê as "gentes"desse planeta que tomam as rédeas de suas vidas e não são meras conseqüências do acaso?


Sorry, mas tô cansada de tantas vítimas prestando esclarecimento de seu não sucesso.


Quem se explica não tem razão.

E quem tem razão não perde tempo se justificando porque já está preparando outra forma de atingir o seu propósito.



"...o meu peito não é de silicone, sou mais macho que muito homem"

5 comentários:

Caco disse...

Tá aí.
Por isso que a gente mora junto.
bjs
CACO

Pattiê que fica, disse...

mas geeeente, que revolta é essa? rsrs

Nietzsche dizia: o que não nos mata, nos deixa mais fortes! Os fracos não sabem disso, coitadinhos...

Beijos

PS: Nina Simone manda miiaaaus pra você.

Anônimo disse...

to aqui ué...e vc sabe onde.

ju disse...

pois é, Pattiê!
ando meio desbocada mesmo...rs

Paulo disse...

Olha eu caindo de paraquedas aqui sem ser convidado...
Mas precisava dizer que você mandou muito bem nesse post, eu penso exatamente da mesma forma.

Talvez eu roube sua idéia para um post. Mas darei os créditos, claro.

Beijos!